Menu fechado

Com o possível fechamento completo do Rio de Janeiro, o Flamengo pode ter frustrado seus planos de voltar ao treinamento.

Mesmo em meio à pandemia global do novo coronavírus, o Flamengo não esconde o fato de que gostaria de retomar suas atividades no Ninho do Urubu o mais rápido possível. No entanto, à medida que a curva de casos e óbitos devido à doença aumenta no Brasil, em particular no Rio de Janeiro, o governador do estado e o prefeito estudam a possibilidade de fechamento total, os chamados “contenção”.

Flamengo

O governador do Rio, Wilson Witzel, disse que a decisão de “conter” seria de responsabilidade dos municípios, que poderiam contar com o apoio da polícia militar. Se essa medida mais drástica for adotada, Rubro-Negro terá “mãos atadas” e não terá nada a fazer para retomar o treinamento, como mostra o Uol Esporte. Sabendo que problemas externos podem interferir com esse desejo, o Querido evita fazer previsões sobre a retomada das atividades.

Ainda de acordo com o portal, os advogados do Flamengo estão trabalhando para encontrar lacunas nos decretos favoráveis ​​ao clube. Entre os pontos que os representantes da Rubro-Negro tentam destacar, há a falta de especificidade com que os clubes de futebol se opõem no exercício de suas atividades. Como o decreto lista apenas ginásios, ginásios e estabelecimentos similares, Fla está procurando uma solução. Além disso, o clube acredita que o treinamento não implica superlotação, outro ponto mencionado nas medidas de segurança adotadas por Witzel.

Produtos oficiais do Flamengocom descontos incríveis.

Flamengo

Em meio a isso, o prefeito da cidade do Rio, Marcelo Crivella, fica ainda mais rígido quando se trata de medidas de segurança. Crivella já se opôs ao retorno do futebol e às atividades que envolvem sua recuperação. Dessa forma, os planos do Flamengo de retomar o treinamento o mais rápido possível continuam repletos de obstáculos. O clube até perdeu seu funcionário mais antigo no Covid-19. Jorginho, massagista da Mais Querido há mais de 40 anos, morreu na última segunda-feira (04).

Além disso, na noite de quarta-feira passada (06), o Flamengo anunciou que, após analisar 293 pessoas no clube, 38 testes positivos para o novo coronavírus. Três são jogadores profissionais da equipe. Os nomes não foram divulgados. O objetivo do clube é avaliar regularmente os profissionais. A partir da próxima segunda-feira (11), novos testes serão realizados em quem não reagir ao vírus e a ideia é que haja regularidade nessa medida.

Baixe o App

Mais Noticias do Flamengo:

 

Publicado em:COVID19,Notícias

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *