Início Notícias Flamengo deixa para trás o placar, mas se recupera no final e...

Flamengo deixa para trás o placar, mas se recupera no final e vence a virada portuguesa – Flamengo

19
0

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo venceu a curva portuguesa neste sábado (14), em jogo disputado a portas fechadas no Maracanã. Atuando abaixo do padrão, Rubro-Negro saiu do placar, mas deixou tudo igual nos minutos finais, com Vitinho, e depois virou à direita, com De Arrascaeta.

Com o resultado, o Flamengo alcançou nove pontos e permanece em primeiro lugar no Grupo A. A equipe liderada por Jorge Jesús retorna ao campo para a competição nas próximas 23 (segunda-feira), para enfrentar Bangu, na quarta rodada.

O JOGO

Flamengo e Portuguesa tiveram um primeiro tempo sem grandes emoções e sem gols. Com uma equipe mista, Rubro-Negro teve um desempenho bem abaixo do normal, mas ainda conseguiu criar boas oportunidades para abrir o placar.

Após 8 minutos, Arrascaeta virou à esquerda e atravessou a área. Bem posicionado, Pedro subiu mais alto que o zagueiro de Lusa e errou por pouco para colocar Fla na frente.


Aproveite a boa fase do Flamengo para aproveitar!


A grande oportunidade, no entanto, foi aparecer aos 30 minutos, com Arrascaeta participando novamente da peça. O uruguaio atirou em Renê pela esquerda, que passou no meio para Everton Ribeiro. O capitão da equipe da Gávea bateu com a mão esquerda, mas no centro do gol e sem muita força, facilitando a defesa de Milton Raphael.

Tentando dar mais velocidade ao Flamengo, Jorge Jesús promoveu a entrada de Michael na etapa complementar, eliminando o atacante Pedro. Logo depois, Vitinho foi acionado na partida, entrando no local da camisa 10 do Diego Ribas.

Mesmo com as mudanças em Rubro-Negro, foram os portugueses que abriram o placar no Maracanã. Todos na defesa, o time conseguiu um bom contra-ataque aos 12, começando com Maicon Douglas. O jogador recebeu na entrada da área e arriscou o chute. A bola desviou para Rafinha e enganou o goleiro Cesar para o canto esquerdo.

A equipe da Gávea teve uma grande oportunidade de fazer tudo igual no Maracanã, aos 30 anos. Pressionando os portugueses, Everton Ribeiro tentou o chute na entrada da área, e a bola foi deixada por Bruno Henrique. O atacante se viu cara a cara com o goleiro, mas bateu na trave.

Em forte pressão, Fla deixou tudo igual a 44 com Vitinho, após um chute cruzado para a esquerda. Arrascaeta virou-se para o clube um minuto depois, atingindo a esquina do goleiro Milton Raphael.