Início Notícias O Flamengo se comunica com os funcionários em férias coletivas por 20...

O Flamengo se comunica com os funcionários em férias coletivas por 20 dias; jogadores são a exceção

10
0

O Flamengo tomou a primeira medida trabalhista como consequência do coronavírus: férias coletivas. O clube informou a maioria de seus funcionários formais que a decisão entrará em vigor na quinta-feira, 26 de março. É o primeiro dos grandes nomes do Rio de Janeiro e dá esse passo. A situação não se aplica aos jogadores ou treinador Jorge Jesús.

A contraproposta dos atletas rejeita os cortes salariais e solicita garantias à CBF contra possíveis violações

A sede da Gávea está fechada e disponível para as autoridades - Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A sede da Gávea está fechada e disponível para as autoridades – Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A situação dos jogadores está sendo discutida diretamente entre a Federação Nacional de Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF) e a Comissão Nacional de Clubes, com diferenças nas questões salariais que deixam o contrato distante a princípio. Os funcionários da CLT foram informados não apenas das férias do grupo, mas também da possibilidade de prorrogação por mais dez, se a situação do coronavírus não for controlada.

Na carta enviada virtualmente aos funcionários, o Flamengo trata a situação do coronavírus como um estado de calamidade pública. O clube também admite que as medidas também se destinam a "lidar com os impactos trabalhistas de uma crise sem precedentes".

Dessa forma, Rubro-Negro informa que as férias coletivas são respaldadas por um acordo firmado na segunda-feira passada entre o clube e o Sindicato dos Empregados em Clubes, Federações e Confederações Esportivas e Atletas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro (Sindeclubes).

O Flamengo também informa que o referente às férias é pago no quinto dia seguinte ao mês das férias e que o prazo do clube para pagamento do terceiro constitucional se estende até 20 de dezembro.

Desde o início da semana passada, o Flamengo já havia suspendido suas atividades na Gávea e no Ninho do Urubu. O escritório central está disponível às autoridades para a instalação de estações de combate na Covid-19, no ginásio Hélio Maurício.

Clique aqui noticia Oficial